Agricultura

Cotrijal amplia monitoramento da ferrugem asiática

Setembro 17 / 2021

A Cotrijal recebeu um reforço no seu sistema de monitoramento da presença da ferrugem asiática na última semana. Mais um coletor de esporos do fungo causador da doença será instalado na região ? a cooperativa já tinha dois coletores. O equipamento integra projeto lançado pela Rede Técnica de Cooperativas (RTC), em parceria com a Basf.

Serão 14 coletores instalados nas cooperativas ligadas à RTC, possibilitando o monitoramento da dispersão da ferrugem no Rio Grande do Sul. ''Esse acompanhamento mais amplo é importante porque vai proporcionar o refinamento das informações para os produtores'', avalia o coordenador de Validação Agrodigital da Cotrijal, Leonardo Kerber.

Desde que foram detectados os primeiros casos de ferrugem asiática, no início da década de 2000, a cooperativa passou a investir tempo e recursos para entender melhor essa doença para orientar de forma mais assertiva o seu produtor.

Em 2004, lançou o Sistema de Alerta e Monitoramento de Doenças Cotrijal - Samdoc, que passou a ser o centro de todo o trabalho de orientação do Departamento Técnico. Considerado um sistema pioneiro na época, teve grande impacto no controle da ferrugem asiática.

Ao longo dos anos, o Samdoc foi evoluindo. Hoje conta com dois pontos de coleta de dados e informações: as dez estações meteorológicas, que identificam se há condição de infecção pela doença, através da avaliação da temperatura e umidade relativa do ar; e o coletor de esporos, que possibilita identificar se há presença de esporos de ferrugem asiática no ambiente.

Alexandre Nowicki, coordenador técnico de Difusão, explica que o conjunto de informações e dados gerados possibilita a emissão de boletins semanais ao Departamento Técnico para orientação aos produtores. ''Conseguimos, dessa forma, tornar os processos mais eficientes e seguros, com posicionamento correto dos produtos e também do melhor momento para fazer a aplicação'', destaca.


ENTREGA - A entrega do equipamento foi feita pelo técnico de Desenvolvimento de Mercado da Basf, Diego Pires, e pela representante Técnica de Vendas, Giovana Pauletti.


(Fonte: Assessoria de Imprensa e Marketing da Cotrijal).





Publicado por: Ana Maria Leal E-mail: anamaria@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais