Geral

Família precisa de ajuda para custear tratamento de saúde de criança

Junho 15 / 2021

A pequena Maria Luiza nasceu no dia 25 de março de 2021 no Hospital de Caridade de Carazinho (HCC). Segundo a família, ela ficou com várias sequelas por causa do prolapso de cordão umbilical que teve no parto, após o nascimento ela teve que ser transferida para Passo Fundo onde ficou internada 78 dias entre (CTI e quarto).

Após uma ressonância, Maria Luiza foi diagnosticada com tetra paralisia, e para que ela pudesse voltar para casa foi colocada uma traqueostomia e uma sonda gástrica. Além da recém nascida, o casal que veio do Mato Grosso do Sul, em busca de uma melhor oportunidade de emprego, tem outros dois filhos, Fernando de 4 anos e o Felipe de 11. A mãe era manicure, mas teve que largar tudo para poder atender a pequena Maria. Já o pai é quem está trabalhando e com muito sacrifício tentando manter tudo em dia, mas a situação está difícil.

Em entrevista para a Rádio Gazeta, a mãe de Maria Luiza contou que ela não se mexe, não chora, não interage, e segundo médicos que a atenderam seu quadro é irreversível. A família conta já entrou com pedido de auxílio assistencial, e este ainda está em análise.

Ajuda em Carazinho

O projeto Corrente do Bem, tomou conhecimento da situação e começou uma campanha para ajudar. Os cuidados com a Maria Luiza, requerem uma atenção constante da família que precisa de ajuda com os seguintes itens: luvas estéreis, sonda de aspiração tamanho 8, leite Aptamil Premium 1, Fraldas tamanho M, vasilhame para dieta, sonda de dieta.

As doações podem ser encaminhadas para sede da Corrente do Bem, na Rua Silva Jardim 1641, na parte da tarde ou na loja Bola de Sabão no calçadão da Avenida Flores da Cunha.

Quem quiser fazer doação de dinheiro pode fazer através do Pix (Sistema de Pagamento instantâneo do Banco Central) pela seguinte chave: CPF: 81588810097 – em nome de Josiane Nascimento. 


(Foto: Arquivo pessoal)




Compartilhe esta notícia em suas redes sociais