Educação

Orientador divulga na Gazeta o diferencial do Método Kumon

Maio 12 / 2021

Formado em Administração de Empresas e professor de filosofia no Ensino Médio, no colégio Rui Barbosa, Lucas Schell encontrou uma oportunidade de empreender na cidade de Carazinho investindo na franquia do Método Kumon. Trata-se de um método japonês no qual não se trabalha com aula, mas com orientação aos estudos de cada aluno para que eles desenvolvam habilidades e consigam aprender os conteúdos sozinhos.

Para falar a respeito Lucas participou do programa Lado a Lado Com a Noticia desta quarta-feira (12). ''Conheci a empresa ano passado, tinha vontade de empreender na cidade de Carazinho com algo na área de educação, e a empresa queria vir para a cidade. Carazinho merece ter esse método diferenciado, essa alternativa para quem precisa de uma nova fórmula de desenvolver, precisa do complemento da escola, ou para ir além, pois muitos dos alunos estão avançando muito além do ano escolar''.

Pessoas de todas as idades podem ter acesso ao método. ''O aluno mais novo tem 5 anos e há adultos também, o Kumon tem como referência o ano escolar, ponto inicial, mas de acordo com capacidade de cada um é que vai se desenvolver, não precisa ficar preso à uma turma, pode ir além, desenvolve outras habilidades além do conteúdo absorvido, o hábito de estudo diário, raciocínio, concentração, desenvolvendo no seu estilo de aprendizagem''.

As matrículas estão abertas o ano inteiro, pois o método é individualizado. São oferecidos cursos de inglês, matemática e português.

Para agendar uma visita e saber mais a respeito, o telefone é (54) 9 9951 0857. O Kumon fica na Pedro Vargas, 857, centro de Carazinho, e funciona de segunda a sexta. O agendamento pode ser, ainda, pelo instagran ou face. 





Publicado por: Ana Maria Leal E-mail: anamaria@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais