Educação

UPF: Centro de Diagnóstico e Pesquisa em Sanidade Animal recebe credenciamento do MAPA

Abril 20 / 2021

A sanidade animal é o principal patrimônio das cadeias produtivas de aves, suínos e bovinos. As crises econômicas até podem comprometer momentaneamente essas cadeias, mas as doenças as destroem. Nesse sentido, o mercado mundial de alimentos de origem animal, cada vez mais centrado no conceito de saúde única, exige alimentos seguros para sua população, os quais somente são produzidos se forem controladas e/ou erradicadas as doenças dos rebanhos que os produzem. Por exemplo, a região Norte do estado do RS concentra mais de 70% da produção de aves, suínos e bovinos de leite, e a sua sustentabilidade depende da saúde de seus rebanhos para manter e conquistar novos mercados. Para atender demandas como essa que existe o Centro de Diagnóstico e Pesquisa em Sanidade Animal (CDSA) da Universidade de Passo Fundo (UPF), o qual, no dia 15 de abril, recebeu o credenciamento para a realização do diagnóstico de doenças contempladas no Programa Nacional de Sanidade Avícola (PNSA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

O credenciamento do CDSA junto ao MAPA possibilita que as análises oficiais, que são exigidas por esse órgão para assegurar a sanidade dos plantéis das aves e contribui com a segurança do consumidor, sejam realizadas na UPF, possibilitando o crescimento da região, já que ela concentra mais de 70% dos criatórios de aves, suínos e bovinos de leite do RS e empresas do setor.


Conquista de um esforço conjunto

Segundo o professor responsável pelo CDSA, o médico veterinário Dr. Fernando Pilotto, a criação do Centro de Diagnóstico iniciou ao submeter um projeto para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (SDETC), o qual foi aprovado e contemplado com recursos de R$ 655 mil para investimentos em equipamentos, levando ao início das atividades do Centro.

Além do recurso da SDECT, e apoio da Instituição, o CDSA tornou-se uma realidade devido à contribuição de toda a comunidade. "Não faltaram esforços, também, de empresas, produtores, autoridades políticas, associações de produtores, sindicatos rurais, instituições públicas e privadas ligadas às cadeias de aves, suínos e bovinos, para que essa grande conquista pudesse acontecer", relatou Pilotto.

De acordo com o docente, além de seu credenciamento no MAPA para o diagnóstico das doenças que integram o PNSA, o CDSA também auxilia na formação dos acadêmicos dos cursos de graduação da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da UPF, na realização de pesquisas pelos estudantes de mestrado e doutorado dos Programas de Pós-Graduação em Bioexperimentação (PPGBioexp) e Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Alimentos (PPGCTA), nas ações de defesa sanitária animal e na qualificação dos profissionais envolvidos na sanidade destas cadeias produtivas.

"A criação de aves, suínos e bovinos é a grande fonte de renda da maioria dos municípios da região. Portanto, o fortalecimento da sanidade animal, com a criação do CDSA, irá contribuir com nosso desenvolvimento socioeconômico, melhorando a qualidade de vida da nossa população", destaca a responsável técnica do Centro, a médica veterinária Me. Natalie Nadin Rizzo.


Intenso trabalho em análises

Localizado na região Norte do Estado, com uma posição estratégica para facilitar o envio das amostras e agilizar os resultados de diagnósticos que irão balizar as tomadas de ações sanitárias necessárias nos plantéis dos animais de produção, o CDSA possui uma infraestrutura com capacidade de absorver as análises dos principais segmentos da produção animal, das cadeias de suínos, bovinos e aves, tanto no que tange aos programas nacionais de sanidade quanto às amostras para monitoramento de plantéis. Para isso, conta com uma estrutura de aproximadamente 400m².

Para certificar que um laboratório opere dentro das exigências e normas técnicas, é necessária a obtenção do reconhecimento formal pelo sistema de qualidade documentado e tecnicamente competente, segundo critérios estabelecidos pela regulamentação do Sistema de Acreditação da Coordenação Geral de Acreditação (Cgcre), do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Ainda em maio de 2019, o Centro de Diagnóstico e Pesquisa em Sanidade Animal recebeu a acreditação para análises previstas no PNSA, concedida pelo do Cgcre/Inmetro de número CRL 0614.

O escopo credenciado junto ao MAPA compreende os ensaios necessárias para o atendimento aos requisitos do PNSA. Além da implantação dos processos para atendimento ao PNSA, o Centro de Diagnóstico está praticando técnicas e processos para atuar no cumprimento dos ensaios exigidos nos programas sanitários, como o Programa Nacional de Sanidade Suídea (PNSS) e o Programa Nacional de Controle e Erradicação de Brucelose e Tuberculose (PNCEBT) em Bovinos.

Assim, tendo como objetivo fortalecer a defesa sanitária animal da região, o CDSA também já tem agendada, para 10 de maio, auditoria do Cgcre/Inmetro para acreditação de novos ensaios, no intuito de dar continuidade no credenciamento do Centro no MAPA para o diagnóstico das doenças do PNSS e do PNCEBT.

A Fundação Universidade de Passo Fundo (FUPF) possui uma estrutura de 12 laboratórios acreditados pelo Cgcre/Inmetro. Destes, possui credenciamento junto ao MAPA, na área de Diagnóstico Animal, com os ensaios de Anemia Infecciosa Equina e Mormo, e também nas áreas de Qualidade de Leite e Alimentos de Origem Vegetal para fins de classificação. Agora, amplia os ensaios com o escopo do CDSA no Programa Nacional de Sanidade de Avícola.


Videoconferência

Como forma de celebrar a novidade, a UPF, a Organização Avícola do Rio Grande do Sul e suas entidades membros, ASGAV e SIPARGS, convidam para o evento de anúncio de credenciamento do CDSA junto ao MAPA. A videoconferência ocorre nesta sexta-feira, 23 de abril, das 9h30min às 10h30min. Para participar, é necessário se inscrever antecipadamente até às 12h desta quinta-feira, 22 de abril, pelo e-mail asgav@asgav.com.br, pelo WhatsApp (51) 9-8600-9684 ou pelo telefone (51) 3228-8844.

O encontro on-line contará com a participação do presidente executivo da ASGAV/SIPARGS, José Eduardo dos Santos; do professor Dr. Fernando Pilotto; da responsável técnica Natalie Nadin Rizzo; da reitoria da UPF e de autoridades convidadas.


(Fonte: Assessoria de Imprensa Universidade de Passo Fundo/ Foto: Felipe Pierezãn).





Publicado por: Ana Maria Leal E-mail: anamaria@gazeta670.com.br
Compartilhe esta notícia em suas redes sociais