Coluna Circulando e a política atual.

Parque mediante indenização.

Ana Maria Leal
Setembro 09/ 2021

Voltou a ser abordado na câmara de vereadores nesta semana um assunto que interessa aos praticantes de motocross e outras modalidades esportivas que utilizem esse veículo: a possibilidade de poderem usufruir de área no Parque Vali Albrecht.

Quem tocou no assunto foi o vereador Bruno Berté (PDT), para saber em que pé está o andamento da situação por parte do poder executivo.

O parque é de responsabilidade do Sindicato Rural de Carazinho.

Já houve especulação de que 'uma determinada parte' retorne ao município, e, desta maneira, seja destinada para tais esportes.

Aliás, não é de agora que uma ou outra pessoa cogita a volta do parque ao domínio do município. 

Na sua legislatura, o falecido vereador Paulino de Moura propôs essa medida em determinado momento. Na época, queria que entidades ligadas ao tradicionalismo assumissem o lugar, através de um contrato com a prefeitura.

O assunto não evoluiu. 

Não sei se vai evoluir agora.

O vereador Daniel Weber (PP) informou, ainda na sessão desta semana, que essa reversão de área do parque certamente implicará numa indenização do município ao Sindicato Rural, que, segundo ele, certamente vai querer algo para a devolução, já que ao longo dos anos investiu recursos no local.

Resta saber se há interesse do município nisso, e se a categoria esportista vai se mobilizar para que o novo local que necessitam seja encontrado.

Até então utilizam o distrito Iron, que, sendo regularizado e na sequencia recebendo a instalação de investidores, ficará comprometido para continuar a receber praticantes de qualquer que seja a modalidade esportiva.  




(Imagem: site pesquisandocidades.blogspot.com/ Crédito: Correio do Povo. O portal de notícias dos gaúchos).





Compartilhe esta coluna em suas redes sociais