Geral

João Ribeiro dos Santos é a primeira vítima fatal da Covid-19, em Carazinho

Marcelo Toledo
Junho 26 / 2020

João Ribeiro dos Santos mais conhecido como "Joãozinho", de 67 anos, foi a primeira vítima da Covid-19, em Carazinho. 

Em entrevista para a Rádio Gazeta AM, na tarde desta sexta-feira (26), Renata Kochhann dos Santos que é filha da vítima contou como foram os últimos dias do pai.

"Ele começou a sentir sintomas de gripe no final de semana dos dias 05 e 06 de junho. No dia 10, procurou atendimento particular com pneumologista, fez exames e apareceu pneumonia. A médica orientou buscar atendimento na emergência do HCC por precaução e ele ficou internado no posto 05 (Ala do Covid), onde coletou o PCR, exame para coronavírus, que teve resultado negativo. Ele foi encaminhado para o quarto, e demostrou uma boa evolução de sua saúde, e deu alta na segunda-feira (15). Passou a semana toda em casa e na quarta teve reconsulta, onde fez raio X e havia obtido uma grande melhora no quadro de pneumonia e ganhou tratamento para mais 05 dias em casa, o qual fecharia no domingo. Com a hipótese descartada de Covid, saiu para trabalhar durante a semana e realizar outros compromissos na rua. No sábado, apresentou uma piora do quadro e domingo acordou trambalhando e se batendo por tudo, não comeu quase nada e muito debilitado. Fomos orientados a levá-lo imediatamente ao HCC, o que fizemos. Chegou com um quadro de hipotensão (pressão 8 por 4) e a saturação muito baixa, o que indica que o paciente está fazendo um esforço respiratório muito grande. Entrou para emergência imediatamente e ficou novamente na ala isolada para Covid. Realizou teste rápido, pois estava nos dias, e mais uma vez o resultado foi negativo. Na segunda, estava estável, mas respirando muito mal, dependendo de oxigênio e coletou mais uma vez exame de PCR. Na terça, fomos informadas de que a situação era muito grave e de que estava com uma pneumonia viral bilateral e insuficiência respiratória e estava aguardando leito na UTI de Passo Fundo. Infelizmente, quando foram tirar ele do leito para ir pra ambulância, ele não aguentou. Os médicos tentaram reanimar ele por volta de 40 minutos. Eu e minha irmã, na porta do posto 05, aguardando para dar um tchauzinho quando ele passasse na maca, recebemos a pior notícia de todas: seu pai não aguentou, fizemos de tudo para salvar ele, os pulmões estavam tomados de vírus. O tempo parou, o chão se abriu debaixo de nós e só conseguíamos chorar gritado como se não tivesse mais ninguém naquele hospital. Não pudemos mais ver nosso pai, ele saiu embalado do hospital direto para o caixão. Pudemos nos despedir por menos de 1h e sem chegar perto do caixão, que estava lacrado."

A secretária de Saúde do Município de Carazinho recebeu a confirmação de coronavírus de João Ribeiro dos Santos, na noite de quinta-feira (25).

Ouça a entrevista na íntegra: 




(Foto: Arquivo da Família)

Compartilhe esta notícia em suas redes sociais