Política

Exclusão de foto gera nova polêmica entre Lucas Lopes e Executivo Municipal de Carazinho

Jornalista Gazeta
Agosto 21 / 2019

Nesta terça-feira (20), ocorreu um novo capítulo na polêmica saída do agora vereador Lucas Lopes (MDB) da secretaria municipal de Educação. Desta vez, porém, o problema não foi a publicação de uma foto, como havia sido a publicada pelo vereador João Pedro Albuquerque de Azevedo (PSDB), que faz parte da oposição, ao lado de Lucas: agora, a polêmica foi a exclusão de uma foto publicada na página do facebook da prefeitura municipal.

A foto em questão, na qual aparecia o ex-secretário da Educação e a sua secretária adjunta também exonerada, Lucimara Monteiro, estava entre as 36 publicadas na matéria sobre a chegada do Fogo Simbólico da Pátria a Carazinho. Logo depois, contudo, exatamente essa foto foi excluída da publicação.

O Grupo Gazeta recebeu cópia das telas (''print screens'') da publicação antes e depois da exclusão da foto, que confirmam que unicamente a foto em que aparecia o vereador Lucas Lopes é que foi apagada. Extraoficialmente, a ordem para retirá-la teria vindo de membro do alto escalão do governo, conforme já divulgado na coluna ''Circulando'' deste site, que teria ocorrido como uma forma de retaliação a Lucas pela aproximação com o vereador João Pedro.

O fato amplia o mal-estar entre o vereador emedebista e a administração municipal apenas uma semana depois da sua saída, que, segundo o prefeito, não teria sido política nem relacionada com a amizade com o vereador tucano. Na própria publicação no facebook da prefeitura, a mãe de Lucas, amigos e o próprio vereador manifestaram-se demonstrando evidente desconforto com o ocorrido.

Em contato com o jornalismo da Gazeta, a assessora de imprensa do executivo municipal, Denise Caetano Wojhan, não quis comentar o assunto. O secretário Geral de Governo e presidente do MDB, Jorge Dutra, não atendeu nossas ligações.

(Acima fotos da publicação da página da prefeitura na rede social antes e depois. Abaixo como o post oficial). 


Compartilhe esta notícia em suas redes sociais